CallMarx.dev

Eugenio A. Jimenes

Desenvolvedor, nerd, disléxico, linux fanboy, viciado/hipster em café e esquerdopata convicto - CallMarx, sacou?

Bacharel em Ciências da Computação pela USP, trabalho na área desde 2012. Apesar de curioso e apaixonado por tecnologias, mantenho minha relação dúbia de “Credo, que delícia!” com TI, na clássica batalha de gerir expectativas, foco e frustrações.

Metaprogramação Ruby - desvendando o mundo!

15-03-2023 7 minutos de leitura.

Há alguns dias tentei explicar o conceito de Metaprogramação para uma amiga que está iniciando na área de TI e também estudando Ruby como sua primeira linguagem, minha influência por sinal, mas eu não fiquei satisfeito com o que consegui ensinar sobre esse assunto.

Eu sigo este lema: “Você realmente entende algo quando consegue confortavelmente ensinar sobre”. Então aqui estou, ensinando a mim mesmo com este artigo.

Diário disléxico: Agora com meu próprio domínio

13-07-2022 2 minutos de leitura.

Refiz o meu blog: implementei do zero com Jekyll, Tailwind, Turbo Frame (do pacote Hotwire Turbo) e deploy com o Netlify. Mais para frente eu pretendo lançar um passo-a-passo ou tutorial do que eu fiz, quem sabe até disponibilizar um template com este conjunto de ferramentas devidamente configuradas, sob alguma uma licença OpenSource.

Tutorial: Rails7, Tailwind e Hotwire - Parte 3

30-06-2022 19 minutos de leitura.

Na parte anterior deste tutorial eu expliquei como utilizar a renderização parcial de html com turbo_stream do Hotwire Turbo, o que nos permitiu mostrar os cards recém inseridos ou excluídos do nosso humilde protótipo de Kanban. Agora vou abordar sobre o pacote Hotwire Stimulus.

Hoje eu aprendi: Vale a pena configurar seus dotfiles

08-06-2022 3 minutos de leitura.

Depois de mais de 3 anos usando Vim como IDE (Integrated Development Environment), migrando no caminho para o Neovim com o shell zsh, o gerenciador Oh My Zsh e o tema Powerlevel10k, percebi como eu dependia dessas configurações e como as mesmas estavam totalmente desorganizadas. Resolvi então, seguir os passos dos grandes mestres e criar o meu repositório dotfiles.